NOSSOS FOLIÕES

Em um carnaval de muita criatividade e respeito à adversidade, milhões de pessoas caíram na folia em blocos de rua, bailes, camarotes e desfile de escolas de samba. Depois de dois anos de pandemia de Covid-19, a criatividade nas fantasias, o combate ao assédio e muitas coreografias da música Zona de Perigo, de Léo Santana, por sinal, eleita o hit do carnaval, comprovou que o carnaval ainda é a festa mais democrática do mundo.

Fernando Guilherme e Pedro Bonelli no Camarote Allegria.

Ingrid Bahiense na Sapucaí.

A Médica Elga Gomes, no Circuito Barra-Ondina.

Caio Rodrigo no Carnaval do Hills Louge, na Urca.

A beleza de Jacqueline Marques no Camarote Arpoador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.